- 22 de novembro de 2017

A Ditadura do Fast-food

0

Possivelmente é a maior rede de Fast-food no mundo. Pessoal de atendimento nos caixas treinado para “empurrar” o máximo de “mercadoria” na goela daqueles que amam tudo isso. Conseguem com a infância e com a juventude. Que coisa!

restaurante vippes lO marketing é uma técnica de conquista, manutenção e pesquisa de novos mercados. Muitos usam o marketing para identificar e atender bem as necessidades dos alvos selecionados. Outros se servem do marketing para abusar dos consumidores.

Não importa se as vítimas são crianças, adolescentes ou acompanhantes prestimosos: todos vão pagar por terem entrado na armadilha.

O Fast-food é uma grande ideia e um espetacular serviço em um mundo onde o tempo tornou-se muito raro e extraordinariamente caro. Muita gente se sente bem com essa alimentação rápida e disponível facilmente.

Manipular as pessoas para que gastem mais do que querem, do que podem, do que desejam¸ tornou-se o meio de aumento de lucro, de rentabilidade de um negócio que por si é rentável e permanente.

As críticas existem para a qualidade do alimento, mas não para o esquema traiçoeiro da venda forçada disfarçada como qualidade e presteza no atendimento.

O tempo vai acabar corrigindo o absurdo.

Mas onde está a visão empreendedora e inteligente dos proprietários? Conhecem e sabem o que é demografia? Já foram informados do envelhecimento populacional? Já sabem que a quantidade de crianças vai diminuir? E consequentemente de jovens também? E por extensão e lógica, VIPPES vão aumentar em números?

E esses milhões de VIPPES vão comer o que? Onde? Com qual atendimento?

 

G. Hansen Jr.

Compartilhe.

Leave A Reply